Post

Dor nos pés: como os exercícios podem aliviar esse desconforto?

Diagnóstico adequado das causas da dor é importante para a correta indicação de exercícios ou outras ações recomendadas, entre elas fisioterapia ou medicação.

30/05/2020 17:38:04
Twitter     Facebook     Google     Linkedin
Dor nos pés: como os exercícios podem aliviar esse desconforto?

Uma situação comum, mas extremamente dolorosa e que causa muito desconforto, sobretudo na limitação dos movimento e locomoção, é a fascite plantar.

A   doença geralmente causa dor na sola do pé, desconforto ao caminhar ou ao correr e sensação de sensibilidade, principalmente na primeira pisada do dia. Além do diagnóstico adequado das causas da dor e eliminar outras causas e doenças semelhantes na mesma região, os exercícios são um poderoso aliado no alívio das dores e na prevenção desse tipo de inflamação.

“A dor nos pés geralmente são causadas por excessos: sobrecarga na região, estar acima do peso corporal, impacto constante e até mesmo uso de determinados tipos de calçados, como os saltos. Os exercícios físicos adequados ajudam a fortalecer a musculatura, prevenindo lesões e até mesmo ajudando no tratamento quando o processo de inflamação já está instalado”, comentam os especialistas Dr. Gustavo Maximiano e Dr. Rogério Bitar, médicos ortopedistas da Clínica Orthop, em Ribeirão Preto.

Como a fascite plantar é um processo inflamatório, os sintomas mais comuns estão associados a dor e queimação no calcanhar, sensibilidade e sensação de rigidez.

“A dor é maior na parte da manhã, ao se levantar ou após períodos de repouso, pois a  fáscia tende a se retrair nessas situações”, explicam o especialistas que reforçam que essa inflamação é mais comum em pessoas com idade acima de 40 anos, em situação de sobrepeso, que praticam atividade física intensa e até mesmo devido a alterações na morfologia do formato dos pés.

Exercícios: um importante aliado na prevenção e no alívio da dor

As pessoas geralmente não sabem ou não tem noção da quantidade de músculos que os pés possuem. Por isso, essas estruturam precisam de atenção e cuidados.

“Ao atuar como um amortecedor natural nesses impactos frequentes e recorrentes, os pés acabam sofrendo caso a musculatura dessa região não esteja bem fortalecida, ocasionando as lesões e até mesmo fraturas”, avalia Dr. Maximiano.

Outro aspecto importante de uma boa musculatura dos pés é sua função de sustentação, evitando alterações posturais que podem causar outros problemas.

“Treinar e fortalecer essa musculatura, portanto é fundamental na prevenção. Mas é importante reforçar que os exercícios são indicados também para alívio dos sintomas e para a reabilitação da região lesionada”, explica Dr. Bitar.

Entre os principais exercícios indicados estão aqueles que evitam impacto, como pilates, hidroginástica, natação, priorizando o alongamento dos músculos envolvidos.

Para fazer em casa

Exercícios simples podem ajudar no treino da musculatura dos pés e podem ser feitos em casa.

 O  alongamento é uma das formas mais eficazes para prevenir e tratar a fascite plantar, por isso, entre os exercícios mais eficazes, está o alongamento da cadeia posterior dos membros inferiores, o que pode ser feito segurando a ponta de um dos pés de cada vez, ou apoiando a planta do pé na parede, com o calcanhar no chão, ou mesmo utilizar uma faixa, toalha ou elástico, passando pela planta do pé e puxando as tiras em direção ao corpo.

Outros exercícios comuns estão abertura e fechamento do dedos; arrastar os dedos no chão (como se fosse pegar algo com os pés); andar descalço quando possível; ficar em pé, com apenas uma das pernas apoiadas no chão, tentando manter o equilíbrio; e, com os dois pés apoiados ao chão, contrair os músculos da sola do pé, como se fosse elevar o arco natural da sola.

Terapias auxiliares, como a fisioterapia, ajudam bastante. Consultar um profissional e seguir as rotinas e treinos propostos é fundamental para o sucesso do tratamento.



Comentários