Post

Dor ciática: como identificar e o que fazer?

O ciático é o maior nervo do corpo humano e a dor ocorre pela sua compressão, inflamação ou irritação, podendo aparecer com mais frequência com o passar do anos.

08/12/2023 07:25:25
Twitter     Facebook     Google     Linkedin
Dor ciática: como identificar e o que fazer?

A dor ciática é a dor proveniente do nervo ciático. Este nervo sai da coluna e desce pela perna, passando pelos glúteos e chegando aos pés. Sendo assim, a dor ciática é uma dor que se inicia na coluna lombar e progride até a região da panturrilha e pé.


Como identificar?

É possível perceber os primeiros sintomas com uma dor na lombar, sendo irradiada para a perna, abaixo do joelho. Essa é uma das principais características da dor no nervo ciático. Além disso, é possível perceber outros sintomas:

  • Diminuição da força muscular;

  • Perda de sensibilidade ou diminuição de reflexos na região afetada;

  • Aumento da dor ao elevar os membros inferiores quando estiver deitado.

Mas, em geral, os sintomas da dor ciática podem variar, estando ou não associados à dor lombar. Por isso, a avaliação médica é um primeiro e importante passo para encontrar o diagnóstico com exatidão.


Dor ciática não é só na lombar.

Como o ciático é o maior nervo do corpo humano e é responsável pela distribuição das fibras nervosas, motora e das articulações nos membros inferiores. Por isso, a dor não ocorre apenas na região lombar, podendo ser intensa nas coxas e nas pernas, até chegar aos pés.

A dor no ciático acomete homens e mulheres, e a frequência da dor aumenta conforme o tempo passa, com o envelhecimento, uma vez que as estruturas da coluna vertebral sofrem desgaste, podendo comprometer tanto a medula espinhal, quanto as chamadas raízes que dão origem aos nervos.


O que causa a dor ciática?

São diversas as possibilidades de causas. Mas, dentre as principais, está a hérnia de disco em pacientes mais novos, e a artrose da coluna em pacientes mais idosos. Ambas são muito comuns no dia a dia do diagnóstico médico.


Como é feito o diagnóstico?

Durante a consulta médica, é realizado um histórico clínico, com exame físico e ressonância magnética da coluna, que serve para identificar a causa da compressão do nervo.



Tratamento.

Existem várias maneiras de se tratar a dor ciática e isso vai depender muito do diagnóstico. Na maioria dos casos, o tratamento é feito com medicamentos associados à fisioterapia. Quando este tipo de tratamento não apresenta melhoras, é realizado o bloqueio da dor com o procedimento de injeção de anti inflamatórios no local da dor, seja por uma hérnia de disco ou a compressão por desgaste.

Apenas em casos extremos, onde os tratamentos mais simples não resolvem a dor, ou em casos de alteração neurológica, a cirurgia pode ser recomendada.


Mas, afinal, tem cura?

A boa notícia é que sim, tem cura. Na grande maioria das vezes, a dor é resolvida de maneira simples e sem necessidade de intervenção cirúrgica. E quando há necessidade do procedimento cirúrgico, ele é feito de modo minimamente invasivo, por vídeo, com cortes muito pequenos. Na maioria desses casos, o paciente recebe alta no mesmo dia da cirurgia.




Dr. Humberto Bortolo Neto


Comentários