Post

Artroscopia de cotovelo: solução para lesões que não respondem aos tratamentos convencionais.

Especialista indica o procedimento para a retirada de corpos livres articulares que causam dor e desconforto.

26/09/2021 11:58:06
Twitter     Facebook     Google     Linkedin
Artroscopia de cotovelo: solução para lesões que não respondem aos tratamentos convencionais.

A artroscopia é um procedimento muito comum na ortopedia e pode ser utilizada em alguns casos também para o tratamento de lesões no cotovelo.

“Quando o paciente não responde a tratamentos convencionais, sugerimos uma artroscopia para que possam enxergar internamente o que está causando desconforto, não permitindo a cicatrização da lesão”, explica Dr. Frederico Balbão Roncaglia, especialista em Cirurgia da Mão, Traumatologia do Membro Superior, Microcirurgia e Cirurgia do Ombro e Cotovelo da Clínica Orthop de Ribeirão Preto/SP.

A artroscopia é um método moderno para o reparo de lesões e é realizada através do artroscópio, uma haste do tamanho aproximado de um lápis com uma câmera na ponta. É um procedimento cirúrgico menos invasivo do que uma cirurgia convencional e que proporciona recuperação mais acelerada. Através da câmera, o cirurgião ortopedista é capaz de analisar a lesão com detalhes.

O artroscópio é inserido na região do cotovelo por meio de uma pequena incisão na pele, com anestesia local e os outros instrumentos cirúrgicos são inseridos na articulação por meio de outras incisões. Quando bem cicatrizadas, as incisões deixam pequenas marcas na pele, ao contrário dos cortes de cirurgias convencionais. “É, sem dúvida, um método cirúrgico menos doloroso e mais certeiro”, avalia Dr. Frederico Balbão.

Indicações para artroscopia de cotovelo

Os casos mais comuns para a artroscopia de cotovelo são quando há presença de corpos livres articulares, que são pedaços de ossos soltos na articulação causados por traumas que produzem microfaturas. “Com a atroscopia, conseguimos visualizar esses corpos livres, pinça-los delicadamente e retirá-los. O paciente sente alívio imediato da dor”, comenta Dr. Frederico Balbão.

A artroscopia pode ser recomendada para o tratamento de outras lesões no cotovelo, como por exemplo, soltar o tecido de uma cicatriz que atrapalha ou bloqueia o movimento da articulação.

Outra indicação é para a cura de epicondilite lateral, mais famoso como cotovelo de tenista. Trata-se de uma inflamação dos tendões dos músculos do antebraço que se unem na parte externa do cotovelo causada especialmente por movimentos repetitivos e/ou que exigem muito esforço.

Além dos praticantes de tênis, squash e outros esportes com raquetes e bastões, profissionais como manicures, cozinheiros, açougueiros, motoristas, pintores, encanadores e carpinteiros são mais propensos a desenvolverem a lesão, uma vez que fazem movimentos repetitivos que exigem esforço dos músculos do antebraço.  

Artrites causadas por desgaste ou por inflamações também podem ser tratadas através da artroscopia. Dependendo do método utilizado pelo especialista, as partes inflamadas ou desgastadas podem ser retiradas e substituídas ou mesmo medicações podem ser mais eficientes se injetadas diretamente nas áreas inflamadas, auxiliando na recuperação da articulação.

Por fim, embora mais raro, a artroscopia pode ser utilizada para diagnosticar a lesão no cotovelo. Se não foi possível chegar a uma conclusão depois de exame físico, raio-x, tomografia, ressonância magnética e outros métodos, o especialista indicará ao paciente a artroscopia, uma vez que as articulações poderão ser investigadas internamente, dando uma visão clara de onde está o problema.

Recuperação é mais rápida do que cirurgias convencionais

Mesmo que seja um procedimento minimamente invasivo, é comum que o cotovelo investigado leve alguns dias para voltar ao seu movimento normal.

“Pacientes que passaram por artroscopia de cotovelo reclamam de um incômodo na região pelo menos até uma semana depois do procedimento”, informar Dr. Frederico Balbão.

Normalmente, os especialistas indicam a continuidade do tratamento com fisioterapeutas para a recuperação dos movimentos do cotovelo e antebraço.



Comentários